Onboarding: O que é? Quais os benefícios para a integração dos novos colaboradores?

Neste artigo, vamos explorar como construir um processo de Onboarding estratégico e eficaz, capaz de transformar a experiência do novo colaborador e impulsionar os resultados da sua empresa.
O onboarding é um processo estratégico e estruturado que guia o novo colaborador por cada etapa de sua chegada à empresa, proporcionando uma experiência acolhedora, informativa e inspiradora.

No recrutamento e seleção, o RH dedica muito tempo, energia e recursos para encontrar o candidato perfeito para aquela vaga estratégica. Muitas vezes o processo seletivo é rigoroso, as entrevistas são bastantes detalhadas para selecionar o melhor perfil para vaga. Finalmente, após muita análise, o candidato ideal é selecionado. No entanto, a missão ainda não foi concluída. 

O recrutamento e a contratação são apenas os primeiros passos de uma longa jornada. É nesse momento que entra em cena o Onboarding do colaborador, o processo que fará toda a diferença entre um novo colaborador que se adapta rapidamente e atinge seu potencial máximo, e aquele que, perdido e desmotivado, acaba deixando a empresa em pouco tempo.

Neste artigo, vamos explorar como construir um processo de Onboarding estratégico e eficaz, capaz de transformar a experiência do novo colaborador e impulsionar os resultados da sua empresa. Prepare-se para descobrir como reduzir o turnover, acelerar a curva de aprendizado e construir um time de alta performance a partir de um Onboarding de sucesso. 

O que é o Onboarding de colaboradores?

O termo onboarding vem do Inglês e sua tradução direta significa integração. No contexto empresarial, o Onboarding representa muito mais do que entregar um crachá e apresentar o escritório. Ele é um processo estratégico e estruturado que guia o novo colaborador por cada etapa de sua chegada à empresa, proporcionando uma experiência acolhedora, informativa e inspiradora.

Por meio dele é possível adaptar o novo colaborador à cultura da empresa, aos seus processos internos e fazer com ele sinta-se parte da equipe e possa contribuir ativamente para os resultados. Contudo, isso só é possível se a empresa possuir um RH estratégico e focado em oferecer uma experiência extraordinária para os colaboradores.

Mas o que realmente torna um Onboarding eficaz?

Processo contínuo: Ele não se limita ao primeiro dia ou à primeira semana, mas se estende ao longo dos primeiros meses, criando um acompanhamento estruturado para o novo colaborador.

É personalizado: Cada profissional possui suas necessidades, expectativas e ritmo de aprendizado. Um bom Onboarding considera as individualidades e adapta o processo para cada novo talento.

Vai além do operacional: Ele não se resume a apresentar os aspectos burocráticos e funcionais da empresa, mas também transmite a cultura, os valores, a missão e a visão da organização.

Qual a importância do Onboarding?

Um colaborador, por mais talentoso que seja, dificilmente atingirá seu potencial máximo se não receber o suporte e a orientação adequados em seus primeiros dias, semanas e meses na empresa. É aí que entra a importância de um Onboarding estratégico e bem estruturado.

Um Onboarding eficaz funciona como um guia para o novo colaborador, conduzindo-o pelos caminhos da empresa e preparando-o para a jornada que o aguarda. Ele garante que o novo talento compreenda a cultura, os valores, a missão e a visão da empresa.

Além disso, permite que ele se familiarize com os processos de trabalho, ferramentas e recursos e se conecte com a equipe, seus líderes e colegas de trabalho, sentindo-se acolhido, valorizado e parte importante da equipe.

Ignorar a importância do Onboarding é como enviar seus novos colaboradores para uma maratona sem o devido preparo e conhecimento sobre o que os aguarda.

Por isso, investir em um processo de Onboarding estruturado não é apenas uma questão de acolhimento, mas sim uma decisão estratégica que traz inúmeros benefícios tangíveis para sua empresa.

Quais os benefícios de um onboarding estratégico?

Você já sabe a relevância do onboarding para a empresa. Agora chegou a hora de conhecer os seus principais objetivos. Confira a seguir!

Aumento da Produtividade: Colaboradores bem integrados e engajados desde o início se tornam produtivos mais rapidamente, impulsionando os resultados da equipe e da empresa. Tempo é dinheiro, e um bom Onboarding acelera a curva de aprendizado, fazendo com que seus novos talentos contribuam ativamente em menos tempo.

Redução do Turnover: A rotatividade de colaboradores gera custos significativos para as empresas. Um Onboarding eficaz aumenta as chances de retenção dos novos talentos, criando um vínculo positivo com a empresa e reduzindo o risco de demissões prematuras e taxa de turnover.

Fortalecimento da Cultura Organizacional: Apresentar a cultura da empresa de forma clara e envolvente durante o Onboarding garante que os novos colaboradores estejam alinhados com os valores, a missão e a visão da organização, construindo uma equipe mais coesa e alinhada.

Melhoria da Imagem da Empresa: Empresas que investem em Onboarding demonstram aos seus colaboradores, desde o primeiro dia, que se preocupam com sua experiência e bem-estar. Isso fortalece a marca empregadora, atraindo e retendo os melhores talentos do mercado.

Em resumo, o Onboarding é um investimento de alto retorno para sua empresa, impactando positivamente a produtividade, a retenção de talentos, a cultura organizacional e a imagem da sua marca.

Único sistema que engloba RH+ DP + Ponto com reconhecimento facial e QR Code + Assinatura Eletrônica

Como fazer um Onboarding de sucesso?

Criar um Onboarding de sucesso exige planejamento, criatividade e uma dose generosa de empatia. Afinal, trata-se de criar uma experiência positiva e memorável para o novo colaborador desde o primeiro contato.

Confira o passo a passo essencial  para transformar o Onboarding em um dos pilares da estratégia de gestão de pessoas da sua empresa:

1 – Realize o Pré-Onboarding

Crie um clima de expectativa antes mesmo do primeiro dia de trabalho. Envie um email de boas-vindas personalizado, apresentando a equipe e compartilhando materiais interessantes sobre a empresa e a cultura organizacional. 

Antecipe a papelada burocrática, utilizando plataformas online como o QuarkRH para que o novo colaborador preencha formulários e documentos antes mesmo de iniciar suas atividades.

2 – Faça uma boas-vindas extraordinária

Prepare um kit de boas-vindas criativo, com brindes personalizados, materiais de escritório e um mimo especial que demonstre o carinho da empresa. Você também pode organizar um café da manhã ou um lanche de integração com a equipe, criando um ambiente acolhedor para que o novo colaborador se sinta à vontade e comece a construir laços com os colegas de trabalho.

Se o colaborador estiver no remoto, envie os brindes pelos correios e organize um evento online humanizado e dedicado a oferecer uma experiência exitosa.

3 – Imersão na cultura e nos processos

Apresente a cultura da empresa de forma clara e envolvente, compartilhando a missão, a visão, os valores e a história da organização. É a oportunidade certa para oferecer um treinamento detalhado sobre os processos de trabalho, as ferramentas utilizadas, as normas internas e os fluxos de comunicação da empresa.

4 – Mentoria e Buddy

Designe um mentor ou “buddy” (um colega de trabalho mais experiente) para acompanhar o novo colaborador durante as primeiras semanas ou meses. O mentor/buddy será o porto seguro para dúvidas, apresentações informais e dicas valiosas para que o novo talento se sinta acolhido e integrado à equipe.

5 – Conceda feedbacks regularmente

Implemente um sistema de feedbacks regulares, sejam eles formais ou informais, para acompanhar o desenvolvimento do novo colaborador, esclarecer dúvidas e reconhecer os avanços. 

Nessa fase, é muito importante que o Gestor/RH incentive o novo colaborador a compartilhar suas percepções, ideias e sugestões, criando um canal de comunicação aberto e transparente.

6 – Use a tecnologia como aliada

Utilize plataformas de Onboarding online para automatizar tarefas, centralizar informações importantes, disponibilizar treinamentos online e acompanhar o progresso do novo colaborador de forma prática e intuitiva. 

Ferramentas como Google Class Room ou Trello podem ser usadas para estruturar um onboarding adicionando etapas, vídeos e arquivos importantes. Permitindo que o colaborador mergulhe na cultura e processos da empresa.

7 –  Desenvolva uma cultura de acolhimento

Promova eventos e ações que integrem os novos colaboradores à cultura da empresa, como happy hours, celebrações de datas comemorativas e ações voluntárias. Crie um ambiente de trabalho positivo, colaborativo e receptivo, onde os novos talentos se sintam à vontade para tirar dúvidas, pedir ajuda e compartilhar suas ideias.

Finalizando, o Onboarding é um processo contínuo que exige atenção, dedicação e acompanhamento constante, que precisa ser construído em uma base sólida para o desenvolvimento, o engajamento e o sucesso dos novos colaboradores.

Concluindo

No decorrer do artigo você aprendeu mais sobre a importância do onboarding e descobriu que  atrair talentos é fundamental, mas retê-los e desenvolvê-los é o que fará a verdadeira diferença para o sucesso da sua empresa. 

Ao investir em um Onboarding estratégico, você demonstra aos seus novos colaboradores que eles são valorizados desde o primeiro dia, criando uma experiência positiva e memorável que os acompanhará ao longo de sua jornada na empresa. As recompensas? Uma equipe mais forte, coesa e preparada para alcançar resultados extraordinários.

Picture of Anderson Santos

Anderson Santos

Bacharel em Comunicação Social - Jornalismo pela UFRN e pós-graduação em Marketing Estratégico pela Universidade Potiguar. Atuo nas áreas de comunicação, endomarketing, marketing digital, produção de conteúdo, copywriting e redação focada em SEO.

Todos os post

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos gratuitos para potencializar a sua gestão de pessoas.

Baixe o nosso app

* Campos Obrigatórios

* Campos Obrigatórios