As 6 tecnologias propulsoras da revolução tecnológica em curso

Seis tecnologias propulsoras em particular têm desempenhado papéis-chave nesta revolução tecnológica: potência computacional, software de código aberto, internet, computação na nuvem, aparelhos móveis e big data.
A sociedade moderna está imersa em uma era de transformação sem precedentes, impulsionada pelo avanço de uma série de tecnologias propulsoras. Essa revolução tecnológica em curso está redefinindo a maneira como nos comunicamos, como conduzimos negócios e interagimos com o mundo ao nosso redor.

A sociedade moderna está imersa em uma era de transformação sem precedentes, impulsionada pelo avanço de uma série de tecnologias propulsoras. Essa revolução tecnológica em curso está redefinindo a maneira como nos comunicamos, como conduzimos negócios e interagimos com o mundo ao nosso redor. 

As implicações dessa mudança são vastas e ainda estão sendo exploradas, mas uma coisa é certa: estamos diante de um momento crucial na história da humanidade. Uma dessas revoluções é o advento das Inteligências Artificiais (IAs).

No livro Marketing 5.0: Tecnologia para a humanidade (2021), Philip Kotler, Hermawan Kartajayado e Iwan Setiawan elencam seis tecnologias em particular que têm desempenhado papéis-chave como propulsoras da revolução tecnológica: potência computacional, software de código aberto, internet, computação na nuvem, aparelhos móveis e big data.

A seguir, confira como cada um dessas tecnologias propulsoras está moldando o mundo e a tecnologia utilizada no dia a dia.

Leia também: Objetivos de Desenvolvimento Sustentável: navegando rumo a um futuro promissor

Tecnologias Propulsoras

1 – Potência Computacional

Com o avanço da tecnologia de processamento de dados, os computadores se tornaram muito mais poderosos e eficientes. Isso permitiu o desenvolvimento de aplicativos e sistemas mais complexos, desde inteligência artificial até simulações científicas de alto desempenho. 

A Lei de Moore diz que a capacidade dos computadores aumenta rapidamente ao longo do tempo, porque os fabricantes conseguem colocar mais transistores (“chave” ou “interruptor” que controla o fluxo de corrente elétrica em um circuito) nos chips a cada dois anos, mantendo os custos de produção mais ou menos os mesmos.

Isto resultou em um aumento exponencial da capacidade de processamento de dados e tem impulsionado essa tendência, possibilitando inovações que antes eram consideradas ficção científica.

2 – Software de Código Aberto

Ao disponibilizar o código-fonte para que qualquer pessoa possa visualizá-lo, modificar e distribuir livremente, os softwares de código abertos promovem a colaboração e a inovação em escala global. Isso possibilita que novos softwares sejam desenvolvidos mais rápido e com mais capacidade, por exemplo, para o desenvolvimento de IAs, torando-os tecnologias propulsoras fundamentais.

Projetos como o Linux, o Apache e o Android são exemplos de como essa abordagem tem impulsionado o desenvolvimento de sistemas operacionais, servidores web, dispositivos móveis, robótica, blockchain e Internet das Coisas (IoT).

Essa cultura de colaboração permite que desenvolvedores de todo o mundo contribuam para o aprimoramento de softwares, tornando-os mais eficientes, seguros e acessíveis a uma gama mais ampla de usuários. 

3 – Internet

A internet conecta bilhões de pessoas e dispositivos em todo o mundo, tornando-se uma infraestrutura essencial para a economia global e para a sociedade moderna, se destacando como essencial para o desenvolvimento tecnológico.

Desde seu surgimento, a internet tem evoluído constantemente, passando de uma rede de comunicação simples para uma plataforma multifacetada que suporta serviços como comércio eletrônico, redes sociais, streaming de mídia e muito mais. 

Com a crescente disseminação da banda larga e o desenvolvimento de tecnologias como 5G, a Internet alcança cada vez mais capacidades, sendo essencial para o desenvolvimento e utilização de novas tecnologias como IAs, Realidade Virtual (RV), Realidade Aumentada (RA), assistente de voz e diversas outras tecnologias emergentes. 

4 – Computação na Nuvem

A computação na nuvem é uma das tecnologias propulsoras que revolucionou a forma como empresas e consumidores acessam, armazenam e processam dados, pois possibilitou o acesso a servidores remotos pela internet,  oferecendo uma escalabilidade nunca antes imaginada.

Essa tecnologia permite que empresas e indivíduos utilizem softwares e armazenem dados sem a necessidade de investir em infraestrutura própria e de acordo com a sua necessidade, tornando a tecnologia mais acessível, flexível e eficiente.

Plataformas como Amazon Web Services (AWS), Microsoft Azure e Google Cloud têm sido os catalisadores dessa mudança.

Além disso, a computação em nuvem possibilitou o surgimento de diversas ferramentas que visam facilitar a gestão nas organizações, entre elas os sistemas QuarkRH, QuarkClinic e Educ21.

5 – Aparelhos Móveis

Os aparelhos móveis, como smartphones e tablets, se tornaram parte integrante de bilhões de pessoas em todo o mundo, transformando a maneira de comunicar, trabalhar, comprar, interagir e consumir conteúdo.

Equipados com uma variedade de sensores, câmeras e conexão à internet, esses dispositivos funcionam como centros de informações pessoais e plataformas para uma infinidade de aplicativos e serviços. 

O rápido avanço da tecnologia móvel tem sido impulsionado por inovações em hardware cada vez mais potente, transformando esses dispositivos em computadores portáteis, abrindo caminho para experiências cada vez mais imersivas e interativas. Por isso, esses dispositivos são considerados tecnologias propulsoras de inovação.

6- Big Data

Com o crescimento na geração de dados digitais, essa tecnologia propulsora permite a análise de grandes conjuntos de dados para identificar padrões e tendências, possibilitando insights valiosos para empresas e governos tomarem decisões mais inteligentes e eficientes.

Com o uso de ferramentas e técnicas de big data, como análise de dados em tempo real, machine learning e data mining, as empresas podem extrair informações valiosas de conjuntos de dados massivos, impulsionando a inovação e a competitividade.

Além disso, com uma grande capacidade de analisar dados contribui para o treinamento de  sistemas de IAs que se tornam cada vez mais robustos e completos.

Concluindo

Essas seis tecnologias propulsoras apresentadas se entrelaçam e se complementam, criando um ambiente propício para a inovação e o desenvolvimento de novas tecnologias disruptivas. Estar ciente dessas tendências é fundamental para indivíduos e organizações que desejam prosperar em um mundo cada vez mais digitalizado e interconectado.

A inteligência artificial, por exemplo, é um campo em rápido crescimento que se beneficia da potência computacional, do software de código aberto, da internet, da computação na nuvem, dos aparelhos móveis e do Big Data.

Para aproveitar ao máximo os benefícios da revolução tecnológica, é fundamental que governos, empresas e indivíduos se engajem em um diálogo aberto e construtivo sobre os desafios e oportunidades que essas tecnologias propulsoras apresentam.

Assim, a colaboração entre os diversos segmentos envolvidos, o investimento em educação e pesquisa irão garantir que essa tecnologia seja utilizada de forma ética e responsável para o desenvolvimento sustentável da sociedade tecnológica. 

Picture of Anderson Santos

Anderson Santos

Bacharel em Comunicação Social - Jornalismo pela UFRN e pós-graduação em Marketing Estratégico pela Universidade Potiguar. Atuo nas áreas de comunicação, endomarketing, marketing digital, produção de conteúdo, copywriting e redação focada em SEO.

Todos os post

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos gratuitos para potencializar a sua gestão de pessoas.

Baixe o nosso app

* Campos Obrigatórios

* Campos Obrigatórios